Por: Athenais

Segundo a PRF, a situação será permitida em ocorrências em que não haja vítimas

Por Yuri Abreu

Com o aumento no fluxo de carros nas rodovias por conta do São João que acontece em toda a Região Nordeste, infelizmente são comuns casos de acidentes entre veículos que podem estragar a viagem. Além do transtorno, ainda há todo o procedimento a ser adotado no registro do boletim pelos Policiais Rodoviários Federais.

Mas, para neste ano, a PRF vai permitir, em situações em que não haja vítimas, que esse registro seja feito pela internet, através da Declaração de Acidentes de Trânsito (DAT), disponível no site www.prf.gov.br/acidente. Esse documento substitui o boletim elaborado pelos agentes e é um serviço gratuito, reconhecido pelas seguradoras de veículos e por demais órgãos de trânsito.

Essa é a principal novidade adotada pelo órgão por conta de Operação São João, iniciada às 0h de quinta e que vai até às 23h59 da próxima segunda. Em virtude do tradicional feriado que acontece domingo, é esperado um crescimento significativo no fluxo de veículos nas rodovias federais do estado, com momentos de pico principalmente nos dias 22 (hoje) e 24 (domingo) deste mês.

Durante esta operação, os policiais rodoviários federais reforçarão trechos estratégicos nas rodovias federais que cortam o estado. Conforme a PRF, Algumas cidades se destacam e merecem atenção especial da PRF no período junino, como por exemplo, a cidade de Senhor do Bonfim, que fica a 380 km de Salvador, por conta de uma grande festa de forró, que causa impacto direto na BR 407, com um público estimado em mais de 15 mil foliões por dia, além de outra festa, em Cruz das Almas/BA, distante 146 km da capital baiana.

Nesse período, a Superintendência Regional da Bahia (SRPRF/BA) receberá o incremento de 30 policiais lotados em outras regionais onde o São João não afeta de maneira tão significativa o trânsito quanto na Bahia. Serão agentes de estados como Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e São Paulo. Eles trabalharão integrados aos 495 policiais da Bahia, em escala de revezamento, envolvidos na Operação.

Pensando em evitar o elevado consumo de bebidas e evitar que os motoristas peguem a estrada com alterações na dirigibilidade, a PRF intensificará a fiscalização de alcoolemia. Serão 101 equipamentos distribuídos nas viaturas e nas Unidades Operacionais, permitindo ao policial efetuar o teste em qualquer abordagem ao longo dos trechos fiscalizados.

Além desta, há o excesso de velocidade, a infração de trânsito mais cometida nas rodovias federias do estado, e que pode causar graves conseqüências. Para evitar tragédias, a PRF vai operar com 11 radares medidores de velocidade portáteis, dispostos ao longo dos pontos com maior probabilidade de ocorrerem acidentes. Além dos equipamentos portáteis, estarão em operação os radares fixos ao longo das BRs 324 e 116.

E é justamente a BR-324 um dos principais pontos de observação dos agentes, pois é a rodovia onde há o maior crescimento de fluxo no São João. Historicamente, a concentração de veículos gera grandes congestionamentos, fazendo a viagem entre Salvador e Feira de Santana durar mais de cinco horas.

A primeira alternativa apontada pela Polícia Rodoviária Federal para evitar transtornos é pegar a rota para BR 101 norte, saindo de Salvador pela CIA/Aeroporto x Camaçari (Via parafuso) x BA 093 até a entrada de Lamarão x BA 512 (26 km de ligação entre Camaçari e São Sebastião do Passé) x BR 110 (ligação entre São Sebastião do Passé e Alagoinhas) e aí BR 101.

Já a segunda é a rota BR 101 sul, partindo da capital baiana em direção a CIA/Aeroporto x Camaçari (Via parafuso) x Candeias (via canal de tráfego) x São Francisco do Conde (via BA 522) x Santo Amaro (via BA 120) x Cachoeira (via BA 120 x São Félix (via BA 120 x Muritiba (via BA 120) e então a BR 101.

BPRv fará fiscalização e patrulhamento

De acordo com a Polícia Militar, os agentes da instituição atuarão com fiscalização e patrulhamento nas rodovias estaduais diante do fluxo das pessoas que viajam para o interior, por meio das equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário. A Operação São João 2018 da Polícia Militar se estenderá até o final de semana em comemoração ao dia de São Pedro, 29 de junho, encerrando os festejos juninos na Bahia.

A fiscalização será feita com a utilização de radares para monitorar os limites de velocidade permitida nas rodovias, com etilômetros para verificar o uso de bebida alcoólica combinado à direção pelos motoristas, verificação do porte obrigatório de documentos (condutor e veículo), além de abordagens preventivas para coibir a circulação de drogas e armas de fogo, com foco na preservação da vida.

Fonte: Tribuna da Bahia

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados