Oeste Rural 16h às 18h


Por: Athenais

A previsão do Tribunal é de que a emissão do documento comece no segundo semestre

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão responsável pelo programa de Identificação Civil Nacional (ICN), vai estender a todos os brasileiros a possibilidade de emissão da identidade digital, também conhecida como Documento Nacional de Identificação (DNI), não apenas aos 90 milhões de eleitores cadastrados na Justiça Eleitoral.

A previsão é de que a emissão do documento comece no segundo semestre. A Justiça Eleitoral ficará responsável pelo armazenamento dos dados biométricos que serão associados ao documento de cada cidadão.

A identidade digital terá um número com nove dígitos. O documento será acessível através de um aplicativo móvel. A cada visualização será gerado um QR code dinâmico, que incluirá a data e a hora, além de um código de verificação com 20 caracteres.

A identidade digital será única e nacional. No futuro, seu número será gravado também nos documentos de identidade em papel emitidos por órgãos estaduais.

Fonte: Tribuna da Bahia

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados