Patrulha RB/1ª Ed. 06h30 às 08h30


Por: Athenais

Local ficava em imóvel na região conhecida como Lajinha, no bairro da Engomadeira. Ninguém foi preso.

Um laboratório de drogas foi desativado pela Polícia Civil, no bairro de Engomadeira, em Salvador, na segunda-feira (17). A informação foi divulgada nesta terça-feira (18). Conforme a Polícia Civil, o laboratório tinha capacidade para processar mais 200 kg de droga por dia, movimentando mensalmente mais de um milhão de reais.

De acordo com a polícia, foram encontrados por investigadores do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), em um imóvel na localidade da Lajinha, 100 kg de maconha, 1,5 kg de crack e 300 gramas de cocaína, além de balanças de precisão e munições. Ninguém foi preso.

De acordo com o delegado André Garcia, da Coordenação de Narcóticos do Draco, também foi encontrado o imóvel farto material para embalagem e distribuição de drogas, além de 63 balanças de precisão, 15 potes com fermento químico em pó e 500 pinos para acondicionar cocaína.

Ainda no local, os investigadores acharam 85 munições para calibres 45, pistolas 9mm e 380, e dois carregadores, 28 tesouras, oito bacias, um liquidificador, barbantes e três mil embalagens plásticas. “Historicamente a região movimenta grandes quantidades de entorpecentes, pois vende para usuários e grandes traficantes, em toda capital baiana”, afirmou, em nota, o delegado André Garcia.

Segundo a polícia, as investigações revelaram que o traficante Márcio Silva dos Santos, conhecido como “Cavalo”, é um dos principais líderes do tráfico na Engomadeira. Ele está foragido, pois possui um mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas em aberto. Qualquer informação sobre o paradeiro de “Cavalo” pode ser compartilhada pelo Disque Denúncia (3235-000). O anonimato é garantido.

Fonte: G1 Bahia

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados