01 banner central- (4) 02


Por: Flavio Lima

Uma mulher está presa no Complexo Policial de Barreiras, oeste da Bahia, acusada de envolvimento em crime de pedofilia contra crianças do município de Riachão das Neves (BA).

A pedagoga Maria de Jesus Branissio Borges, 48 anos, é mulher do Soldado da Polícia Militar, Joilson Lacerda Santana. Ele é  lotado no 10° BPM em Barreiras, mas atualmente presta serviços em Riachão.

A professora foi presa nesta terça-feira (11) por policiais civis da 11ª Coordenadoria da Polícia Civil da Bahia com sede em Barreiras. “Dija” como é mais conhecida foi presa em casa, na Avenida 7 de Setembro, centro de Riachão das Neves.

O Juiz Euclides dos Santos Ribeiro Arruda, Substituto da Comarca de Riachão, decretou as prisões temporárias contra três pessoas: o soldado da PM/BA, Joilson Lacerda Santana, a mulher dele, Maria de Jesus dos Santos, 48 anos e a amante dele, Carla de Jesus dos Santos.

Polícia técnica fará perícia de material apreendido

O soldado e a amante ainda não foram encontrados, por isto estão sendo considerados foragidos da justiça. Carla é mãe das cinco crianças, que há cinco anos sofriam abusos em orgias sexuais com as participações dos três investigados.

Nas orgias eram usados objetos eróticos, como pênis de borracha, filmes pornográficos, entre outros  objetos. Algumas das sessões de abusos foram registradas e estão armazenadas em pen drive, computadores e máquinas fotográficas. Todo material apreendido será periciado pela Polícia Técnica em um laboratório da instituição em Salvador (BA).

Os rituais de orgias sexuais ocorreriam tanto na casa do soldado no centro de Riachão, quanto em sua propriedade rural na localidade chamada “Estivinha” na zona rural do município.

O comando da Polícia Militar na região Oeste já foi comunicado sobre o caso, e agora colabora na localização do soldado que tem quase 30 anos de serviços na corporação.

A ordem da justiça é de prisões temporárias por 30 dias contra os acusados, a contar do momento em que forem cumpridas.

As crianças foram ouvidas, e duas delas contaram com riqueza de detalhes o que passaram nas mãos dos abusadores. Elas hoje estão com idades entre 6 e 15 anos. Os menores estão sob cuidados de familiares com acompanhamento da justiça.

O delegado de polícia Carlos Freitas, está a frente das investigações e aguarda pela apresentação espontânea de Joilson e Carla.

4 Comentários

  1. jandson santana disse:

    Nossa meu Deus pq vc fez isso meu primo justo vc
    Era um cara certo justo onesto chegar esse ponto
    Q Deus seje por vc, procure Deus ele vai te ajudar
    Por favor passem essa mensagem pra ele. Aqui
    É um primo de joilson (jandson santana).

  2. gabriela santos disse:

    todos sao um filho de uma puta!!!! merece e morrer uns desgracado desses, minha vontade e de matar eles e esquatejar….

Deixe o seu comentário!

*

Estúdio Online



vitrosul_site_300x250

small banner

Corujinha

matriz_emkt_570x1120px

Nuvem de Tags

© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados