Musical RB 13h às 16h


Por: Athenais

Alface, rúcula, rabanete e acelga estavam entre os itens colhidos e servidos na merenda preparada na escola para os alunos

Na manhã dessa terça-feira (23), a ansiedade e alegria eram visíveis nos alunos do 3º e 5º ano da Escola Municipal da Santa Luzia. Mais de 15 estudantes aguardavam a primeira colheita de legumes, verduras e hortaliças do projeto “Horta nas Escolas”, que é realizado com o acompanhamento de profissionais da Secretaria de Agricultura de Barreiras.

Os canteiros produtivos foram delimitados com materiais descartáveis e o verde das hortaliças refletia a dedicação dos alunos que acompanharam todo processo desde a limpeza do espaço, formação dos canteiros, adubação da terra, semeadura e os cuidados como molhar, retirar ervas daninhas e proteção dos raios solares. A diretora Adilma Vilela, disse que além do plantio e acompanhamento, as crianças foram envolvidas num projeto pedagógico de ensino-aprendizagem que integrou as disciplinas de matemática, língua portuguesa e ciências naturais.

“Entendo esse momento de alegria dos alunos, porque diariamente durante esses dois meses, revezamos as atenções à horta, e além disso, eles aprenderam matemática com gráficos e medidas de área, também as receitinhas incentivando a escrita e leitura, e a disciplina de ciências naturais, provocando os questionamentos ambientais, alimentação saudável, uso do solo e da água. Agora chegou a melhor parte, vamos dividir os alimentos colhidos com todos os alunos e professores”, disse a diretora.

O projeto Horta nas Escolas envolve as Secretarias de Agricultura, Meio Ambiente, Educação e conta ainda com a parceria da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), que também acompanharam o resultado dessa interação juntamente com as crianças. Alface, acelga, rabanete, cebolinha e rúcula foram colhidos e servidos com uma galinhada preparada especialmente para os alunos e professores.

Alguns estudantes experimentavam pela primeira vez o rabanete e aprovaram o sabor. “Eu nunca tinha comido rabanete, achei diferente e saboroso. Fiquei muito feliz de ajudar na colheita e já pedi para meus pais fazerem uma hortinha na minha casa”, disse a aluna do 3º ano, Bruna Kauane.

O secretário de agricultura José Marques falou da importância de promover conhecimento interdisciplinar e a ampliação do projeto em escolas e comunidades. “Muitas escolas já abraçaram este projeto e estão colhendo hortaliças, verduras e legumes que agora fazem parte da merenda escolar. Já conseguimos realizar mais de seis hortas nas escolas e nossa meta é finalizar este ano com 14 hortas em comunidades e escolas. São muitos resultados observados, principalmente na mudança de comportamento porque o estudantes entendem o sentimento de cuidar, colocam a mão na terra, plantam, cuidam, colhem e se alimentam das hortaliças”, disse o secretário.

Além da Escola Municipal da Santa Luzia, o Projeto Horta nas Escolas foi implantado nas Escolas Municipais Tarcilo Vieira de Melo, Presidente Médici, Maria Castro e Silva, Alcyvando Liguori da Luz, Cleonice Lopes e Paulo Freire; e está em fase de implantação nas escolas Pedro Cavalcante, São João do Riachinho, CAIC, Santa Luzia no povoado Rio de Pedras, Luzia Gonçalves e Manoel Rocha Filho no Km 32.

Fonte: Prefeitura de Barreiras

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados