17 março/2016
Por: admin

Se já era difícil classificar, agora ficou ainda mais. Depois de empatar com o Trujillanos fora de casa (1×1), ontem a noite, o São Paulo de Edgardo Bauza tem uma missão complicadíssima na Libertadores da América. Precisa vencer as 3 partidas que restam (River Plate e Trujillanos em casa e The Stronghest) fora para garantir a vaga para a próxima fase. Paulo Henrique Ganso (foto) fez o gol são-paulino ontem, mas repentinamente, de herói virou vilão, ao perder o pênalti (chutado no travessão) que poderia ter decretado a vitória tricolor. Na coletiva, Bauza, ressaltou que entrega teve de sobra, mas faltaram “detalhes” para que o São Paulo vencesse. De um dos favoritos, o São Paulo transformou-se na surpresa negativa da competição e ao que tudo indica, se nada de “muito novo” acontecer, vai se despedir da Libertadores, bem antes do que todos os tricolores imaginavam. Quem viver, verá …..

16 março/2016
Por: admin

Foi uma noite de “sofrimento” para o torcedor gremista. Tomar um gol logo a 2 minutos do primeiro tempo, era tudo que não poderia acontecer. Mas não foi só a cobrança perfeita de Ortigoza, batendo pênalti, que “tirou o sono” dos gremistas. Durante boa parte do jogo ontem a noite no Nuevo Gasômetro, o caldeirão do San Lorenzo, os tricolores viram “São” Marcelo Grohe fazer defesas inacreditáveis e impedir que o Grêmio fosse goleado na Argentina. No finalzinho, aos 44 do segundo tempo, uma “providência divina” salvou o tricolor gaúcho. O garoto Lincoln fez o gol de empate depois de jogada individual de Everton, outro menino da base. O empate em 1×1 contra o San Lorenzo, pode ser considerado uma vitória principalmente pelas circunstâncias da partida, afinal o San Lorenzo foi o dono do jogo e só não venceu graças a noite inspirada de Marcelo Grohe, (foto) o goleiro gremista. Com chances reais de classificação, o Grêmio agora vai ter bastante tempo para pensar na LDU, o próximo adversário, Mas é bom que Roger tenha “cartas na manga” para preparar um time melhor, por que não é todo dia que “milagres” como Marcelo Grohe fez ontem, acontecem, ainda mais contra o time do Papa Francisco ….

15 março/2016
Por: admin

Como se diz no linguajar gaúcho, o jogo será “uma fumaceira” hoje a noite. No Nuevo Gasômetro, que promete estar lotado, San Lorenzo de Almagro e Grêmio decidem logo mais ás 21;45 (Brasilia) quem passa para a próxima fase da Libertadores. Sim, decidem por que a partida tem caráter decisivo para os dois lados. Se vencer, o Grêmio elimina os argentinos. Se perder, o time gaúcho abre espaço para o San Lorenzo buscar a classificação que parece distante. Um empate, pode “ajudar” a tirar os dois da briga e pôr a equatoriana LDU no páreo, já que ao que tudo indica uma das vagas será do Toluca. Roger Machado, levou o que tinha de melhor para a Argentina. Bolaños operado da face,para reconstituir a mandíbula quebrada no último Gre-Nal está fora, assim como o volante Wallace que só deve voltar na próxima semana. Lateral direita é a dúvida gremista. Com Wallace Oliveira machucado, Wesley e Ramiro (foto) disputam a posição. O jogo tem tudo para ser um belo programa na noite de terça-feira para quem gosta daquelas “peleias” marcadas por garra,força,determinação e “briga” no bom sentido. Uma decisão antecipada na Libertadores deste ano.

14 março/2016
Por: admin

No primeiro Ba-Vi deste ano, a vitória foi rubro-negra. E merecida por sinal. Com gols de Vânder e Tiago Real, ambos em belo estilo, o rubro-negro passou pelo tricolor, ganhando por 2×0, confirmou a classificação e comprovou que o técnico Vágner Mancini (foto) tem “estrela” nos clássicos. Além do triunfo convincente, o rubro-negro revelou também Kaíke, um goleiro arrojado e que apesar de novo, mostrou ter talento e personalidade para vestir a camisa titular do Vitória, uma “sombra” para o atual titular Fernando Miguel que não jogou ontem por lesão. Com a vitória sobre  o maior rival, os rubro-negros vão pegar nas quartas-de-final, o Flamengo de Guanambi, enquanto o Bahia enfrentará o Bahia de Feira. Os quesitos de classificação estão empatados e no chamado “torneio da morte” a definição entre Colo Colo e Jacuipense vai se dar pelo número de cartões, vermelhos e amarelos, algo inédito na história do Campeonato Baiano, nos novos moldes organizados pela Federação Baiana.

11 março/2016
Por: admin

Nenhum clube brasileiro venceu na rodada número 3 da fase de grupos da Taça Libertadores da América. Em 5 jogos disputados, perdemos dois (Corinthians e Palmeiras) e empatamos três (São Paulo,Grêmio e Atlético Mineiro). O desempenho “sofrível” – só 3 pontos ganhos em 15 disputados, serviu para mostrar que tirando o Atlético Mineiro e o Corinthians, que se mantém em situação “confortável” em seus grupos, os outros representantes do nosso futebol – Grêmio,Palmeiras e São Paulo não vão ter vida fácil para conseguir a classificação. O tricolor paulista (foto) até que jogou com mais disposição em Buenos Aires, mas não passou de um empate (1×1) com o River Plate após falha incrível do goleiro Denis no gol argentino. No Chile, o Atlético Mineiro suportou a pressão do Colo Colo (0x0) e garantiu um pontinho a mais na tabela. Na próxima semana começam os confrontos de volta, com os mandos de campo invertidos e ao que tudo indica vai ter muito torcedor “sofrendo” e dormindo mais tarde nos dias de jogos da Libertadores da América. Quem imaginava que seria fácil classificar, precisa rever seus conceitos futebolistícos, por que no geral “a coisa tá difícil” …

10 março/2016
Por: admin

A diretoria do Palmeiras nem “digeriu” direito a primeira derrota na Libertadores da América (1×2) para o Nacional do Uruguai, mas já tomou ontem a noite mesmo a primeira decisão, com o objetivo de buscar uma recuperação imediata: Demitiu o técnico Marcelo Oliveira, que por estar suspenso, nem comandou o time ontem á noite. Marcelo assistiu o jogo da arquibancada na Arena Parque. A demissão de Marcelo foi confirmada nos vestiários do estádio pelo diretor Alexandre Mattos. Por enquanto, o auxiliar técnico Alberto Valentim assume o time, mas tudo leva a crer que já a partir de hoje, o Palmeiras vai ao mercado buscar um substituto para Marcelo. Cuca seria o nome preferido. Contratado em Junho de 2015, Marcelo já não era mais uma unanimidade entre os dirigentes e vinha recebendo muitas críticas por causa das más apresentações da equipe, no Paulistão e também na Libertadores, onde soma 4 pontos em 3 jogos. Marcelo treinou o Palmeiras em 53 partidas, conseguindo 24 vitórias e 11 empates. Sob o comando dele, o Palmeiras perdeu 18 vezes.O aproveitamento foi de 55% e a principal conquista dele, foi o título de campeão da Copa do Brasil, no ano passado.

Sobre o Blog

Aqui você acompanha tudo o que acontece no mundo do futebol. Tudo sobre os clubes, os campeonatos brasileiros e internacionais, os artilheiros e a seleção.

Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados