Hora no Campo Rep. 18h às 19h


Por: Athenais

Uma idosa, de 80 anos, teve de ser deslocada de ambulância para uma agência do Banco do Brasil de Medeiros Neto, no extremo sul, para comprovar que estava viva e assim ter direito à aposentadoria. Segundo o G1, o caso ocorreu na manhã desta terça-feira (4). A prova de vida é exigida pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e o beneficiário deve fazê-la na agência em que é cadastrada.

Ainda segundo a reportagem, Dona Clemência Maria Souza deveria ter feito o processo até 31 de maio. No entanto, familiares disseram que problemas de locomoção da idosa a impediram de fazer a prova exigida. A idosa sofreu um acidente doméstico e teve 40% do corpo queimado. Desde então, ela não consegue andar direito. Familiares também contam que o caso foi informado ao banco que ficou de enviar um funcionário para a casa da idosa, mas o trato não foi cumprido.

O Banco do Brasil declarou em nota que em caso de dificuldade de locomoção do beneficiário, um procurador pode levar os documentos exigidos à agência.

Fonte: Bahia notícias

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados