Por: Athenais

O estudante de 24 anos que morreu após um acidente de moto na Avenida Paralela, em Salvador, perdeu o controle do veículo enquanto fazia um test drive. A informação foi divulgada ao pela concessionária Haus Motors, onde ele pretendia comprar o veículo, avaliado em mais de R$ 20 mil.

Segundo o advogado da empresa, Fabiano Vasconcelos, o cliente, identificado como Matheus Alves Teixeira, se apresentou na concessionária ao lado da mãe no último sábado (12). Era a segunda vez que o jovem, que cursava direito, ia ao local com a mãe interessado na aquisição da motocicleta.

“Eles estiveram lá pela primeira vez há cerca de um mês. Mas somente dessa vez, quando novamente retornou com a mãe, ele se mostrou interessado em fazer o test drive para fechar o negócio”, destacou Vasconcelos.

Ainda conforme o advogado da concessionária, o jovem estava com a carteira de habilitação, na categoria A, em dia e, no momento do test drive, usava todos os equipamentos de segurança exigidos. Vasconcelos também afirmou que a moto também estava regularizada.

“Ele estava habilitado e equipado de forma adequada. A moto era nova e estava com todas as revisões regularizadas. Não houve qualquer queixa com relação ao veículo. Além disso, um vendedor da concessionária, como é de costume quando se faz test drive, seguiu com outra moto na frente dele, para acompanhar, conduzir a velocidade e tudo mais”, disse.

A concessionária fica nas proximidades da estação Mussurunga. O vendedor e o jovem saíram da concessionária, em veículos diferentes, no sentido centro da cidade. Depois, fizeram o retorno no viaduto da Orlando Gomes e pegaram o sentido inverso, para retornar à empresa.

No entanto, quando o jovem chegou próximo ao viaduto Mário Andreazza, na altura do bairro de São Cristóvão, perdeu o controle do veículo e colidiu em uma mureta de concreto.

“O vendedor que seguia na frente percebeu que a moto do Matheus passou dele e se chocou. O vendedor, no entanto, como estava na frente, não soube informar porque ele perdeu o controle da moto. Não sabe dizer se ele se desequilibrou sozinho ou se houve alguma colisão com outro veículo. Enquanto ele fazia o test drive, a mãe estava na concessionária e ficou consternada quando soube da notícia”, disse.

Após o acidente, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando os socorristas chegaram ao local já constataram a morte do motociclista.

“O vendedor comunicou à empresa e foram tomadas todas as providências. Foram feitas perícias no local e, agora, estamos aguardando o resultado da investigação para saber as causas do acidente. A empresa também vai entrar em contato com a família para se colocar à disposição”, destacou o advogado.

A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela 12ª Delegacia, que fica no barro de Itapuã. Informou que a polícia fez o levantamento cadavérico no dia do acidente e que aguarda resultado das perícias para esclarecer o ocorrido.

Fonte: G1 Bahia.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*





Rua Guadalajara, 403 - Centro | Barreiras-Bahia
© Copyright 2013 RB - Rádio Barreiras | Todos os direitos reservados